VOCÊ ACHA CARO PAGAR POR UM BOM PROFISSIONAL?

SE VOCÊ ACHA CARO PAGAR POR UM BOM PROFISSIONAL, EXPERIMENTE CONTRATAR UM INCOMPETENTE!

NÃO FAÇA VOCÊ MESMO!

Esse é o nome dado a uma série de quatro episódios dentro do Programa Fantástico (Rede Globo) que teve início no dia 30/04/2017.

A inspiração vem de uma outra série: How Not to DIY (como não fazer você mesmo), da BBC.

De forma resumida, a série busca apresentar, de forma humorada, histórias de pessoas que tentam resolver por conta própria problemas de reforma em casa.

Muitas pessoas tentam economizar dinheiro fazendo elas mesmos reparos, ajustes e modificações, mas acabam:

  • perdendo muito tempo;
  • fazendo um serviço de má qualidade;
  • tendo que contratar um profissional para refazer (ou melhor desfazer tudo o que foi feito e fazer da forma correta);
  • gastando muito mais do que teriam gasto se um profissional tivesse sido contratado desde o princípio.

Por vezes, o pensamento monetário (da grana que vamos gastar) se sobressai… e só pensamos nele!

“Eu não vou pagar TODA ESSA GRANA para alguém fazer isso! Eu mesmo faço! Deixa pra mim, que eu consigo facilmente fazer”.

E horas e horas são perdidas.

Por quê?

Porque essa tarefa/atividade não é nossa especialidade/habilidade e, por vezes, não temos as ferramentas corretas!

Olha um exemplo disso…

Um conhecido precisava colocar um papel de parede no quarto da filha. Resolveu não contratar um profissional e fazer por sua conta!

Dizia ele: “Cara, eles cobram muito caro para colocar o papel! Vi na internet um vídeo… é bem simples!”

Resultado:

  • demorou um final de semana inteiro para colocar o papel de parede;
  • ficou totalmente estressado (porque não tinha as ferramentas corretas) e porque não “sabia bem” como colocar;
  • discutiu várias vezes com a esposa (a bagunça foi só um dos motivos);
  • não conseguiu deixar a filha totalmente feliz (os desenhos do papel de parede não ficaram bem alinhados);
  • não vou entrar no mérito de que um profissional tem a habilidade/expertise e as ferramentas corretas e que faria o trabalho em um dia apenas…

Quero perguntar o quanto representou:

  • perder um final de semana com a família;
  • discutir com a esposa;
  • desapontar a filha;
  • não usar esse tempo (dois dias) para produzir… fazer algo importante.

É EXATAMENTE ISSO QUE OCORRE COM MUITOS DITOS MARKETERS…

Eu mesmo vou fazer:

  • meu site/blog
  • a configuração do servidor
  • minha assinatura de e-mail
  • minha marca (é só um desenho)

E ESQUECEM DE QUANTO CUSTA A SUA HORA!!!!

Pare e pense: se você estivesse atendendo (ou produzindo conteúdo para ser vendido), quanto cobraria? Quanto custa a SUA HORA?!?!?!

Quanto você deixou de ganhar/produzir ao querer fazer algo que não é sua especialidade?

Perceba que quando você decide que “você mesmo vai fazer”, a verdade é que “você está se contratando”…

QUESTIONE-SE: “VOCÊ CONTRATARIA A SI MESMO PARA FAZER ESSE SERVIÇO?

No mundo on-line, todos sabem da importância da PRIMEIRA IMPRESSÃO!

Foi você mesmo que criou sua marca … seu website?
Sem contar que após publicado seu site, vai ser visto pelo mundo todo!

Você contrataria a si mesmo? Pagaria pelo seu serviço?

Portanto, lembre sempre do ditado:

“Se você acha caro pagar por um bom profissional, experimente contratar um incompetente!”

ESCRITO POR: Walkei Cerbaro
ADAPTAÇÃO: DAN CICILIO